Imprimir

EDP São Paulo orienta clientes e profissionais da construção civil sobre riscos com a rede de energia

EDP São Paulo orienta clientes e profissionais da construção civil sobre riscos com a rede de energia

Concessionária dá dicas para as pessoas que irão utilizar o saque de contas inativas do FGTS na reforma do seu imóvel

 

Mogi das Cruzes, 10 de abril de 2017 – Com a liberação do saque de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), muitas famílias aproveitam para reformar seus imóveis e, para conscientizar os clientes e os profissionais da construção civil sobre os riscos com a rede de energia elétrica, a EDP São Paulo faz um alerta sobre os cuidados necessários para evitar acidentes. Uma das ocorrências mais comuns durante as obras é quando o pedreiro encosta ferragens ou ferramentas na rede elétrica, principalmente quando estão sobre andaimes ou trabalhando em andares superiores dos imóveis. Encostar na rede, seja diretamente ou por meio de objetos, pode causar incidentes graves, como queimaduras e até mortes.

 “O nosso primeiro princípio é ‘a vida sempre em primeiro lugar’ e seguimos isso com todos os nossos colaboradores e clientes. Muitas pessoas não avaliam o alto risco do trabalho próximo à rede de energia. É fundamental prestar atenção na distância entre o local onde o profissional está e a rede. Não se deve, sob nenhuma hipótese, fazer edificações perto dos fios nem ficar tão próximo a eles, no momento de fazer reformas ou manutenções”, alerta Adriano Ramos, gestor executivo de Operação da EDP.

 Mesmo uma simples manutenção no telhado ou uma pintura pode causar incidentes. “Com a liberação do saque de FGTS, muita gente está aproveitando para fazer pequenos reparos em suas casas, mas, seja de maior ou menor porte, toda obra merece atenção redobrada”. Veja os principais motivos de acidentes na construção civil:

 - Encostar materiais de construção ou ferramentas na rede elétrica;

- Construir próximo à rede, deixando o telhado sem a distância segura para os profissionais fazerem a manutenção;

- Colocar andaimes perto da fiação;

- Fazer ligações clandestinas ao construir ou ampliar imóveis;

- Usar máquinas de grande porte, como tratores e retroescavadeiras, nos arredores da rede;

- Instalar antenas no mesmo lado onde está a rede de energia;

- Se apoiar nos fios ou na parte superior de postes.

 

Boa Energia na Comunidade

Uma das ferramentas usadas pela EDP São Paulo para conscientizar as comunidades sobre a importância de se tomar algumas medidas de segurança na hora de construir ou reformar é o projeto Boa Energia na Comunidade. Além de promover o uso adequado e seguro da eletricidade, o programa regulariza ligações clandestinas e leva aos bairros, por meio de palestras, orientações sobre cuidados com obras realizadas perto da rede de distribuição de energia. Somente no ano de 2016, o projeto beneficiou 24,3 mil clientes.